Amizades

São três irmãs muito próximas nas idades, muito diferentes nas suas atitudes, todas elas com forte personalidade.
Foram cescendo no mesmo quarto e aos poucos foram adquirindo o seu próprio espaço quando entraram na escola primária.
E foi mais ou menos a mesma coisa quando houve a transição do jardim de infância para o primeiro ciclo.

Amizades

No ano passado, cada uma delas tinha a sua professora, na pequena escola da aldeia, uma escola com pouco mais de 30 alunos.
Este ano a C. ficou sózinha. Porque a M., mais velha de um ano e meio entrou para o segundo ciclo e teve de deslocar-se para a sede do Agrupamento Escolar. Porque a J., a mais nova ...
E todos pensávamos que a C. ficaria feliz, numa escola só para ela!
Ela, que fora sempre tão esprimida entre duas irmãs!
Não é por acaso que se fala de crianças "sandwichs"?

De repente, sentiu-se desorientada, na hora do recreio, por não as ter por perto.
Na hora do almoço, já não tinha a J. para vigiar ou acarinhar.
Nas idas e voltas, casa - escola - casa, passaram a ser muito solitárias (reconheço que dantes foram sempre verdadeiras festas, cantávamos, contávamos histórias e era sempre uma grande alegria dizer Bom Dia à natureza, enquanto caminhávamos).

Houve um longo periodo de adaptação. Passou a ser mais agradável almoçar em casa. Fez novas amizades. Mas a amizade com as irmãs ficou reforçada.

O avental que acabei de fazer, foi para homenagear este sentimento.
E um Olá para todos os que se cruzarem com ele.