Agosto

Agosto Agosto Pequena encomenda É um mês tramado, de intensa actividade. Entre os doces e as conservas para o ano inteiro, sobra pouco tempo para responder às pequenas encomendas (e surpresa minha, uns aventais para os mais novos) e um amontoado de almofadas por acabar. Quando vem a noite, fico tão feliz por sossegar, sentada, tricotando as primeiras meias do próximo Outono. É verdade!

Novembro





Novembro é o nome deste bonito avental que fiz em ponto cruz e não só, pensando nas árvores despidas, nas paisagens silenciosas, próprias deste mês. Novembro é aquela casa que ainda há um ano atrás tinha vida e hoje sei que a lareira nunca mais voltará a acender-se.
Novembro, também em côr de rosa para apertar à cintura como o doce que aconchega a criança.
Disponível aqui.



Novembro... é hoje o último dia do mês de Novembro.
Vou-me fazer à estrada, fazer à vez do carteiro para entregar pessoalmente esta encomenda.
A M. deu-lhe um nome, "almofada gaspacho". É feita em patchwork com lã escocesa comprada aqui e mede cerca de 75 x 75 cm.
Até já!

Funky





Para repor o stock que lentamente se vai esvaziando, acabei um bonito avental que se faz acompanhar dum pequeno taleigo, o conjunto à dimensão da criança.
Nos mesmos padrões, junta-se mais um taleigo com um tamanho médio para ambientes mais "Funky".



Tanto o conjunto (taleigo pequeno+avental) como o taleigo, estão agora disponíveis na loja.

1 de Junho

A partir de hoje, há aventais disponíveis aqui, a pensar no Dia Mundial da Criança.



Em casa, o avental tem muita importância.
Ele veste-se para contar uma história. Sobretudo a história do momento. Por isso, temos muitos aventais cada um para sua ocasião.

Há o avental para apanhar cogumelos.
Há o avental que substitui o tradicional bibe.
Há o avental para pintar, para cozinhar, para jardinar, para soprar velas...

O avental também pode ser visto como o complemento feliz numa peça de vestuário.
São aventais que se querem sujos, sim, com vida de pequenos artistas!



From now on, aprons will be available here, having in mind the World Children's Day in Portugal (June 1st) or elsewhere, each country with its different dates to celebrate the occasion.

At home, the apron is of major importance. You wear it to tell a story, mostly the story of the moment. That's why we have many different aprons, each fit for the right occasion.
We have one to go mushroom picking, one which does the role of the traditional bib, and we also have the right apron to paint, cook, do the gardening, blow your candles ...
The apron can also be seen as the right complement to go with your clothes.
Right!
They are aprons you would like dirty yet lively, as you would expect from little artists.

...

Partilhar Museu de Arte Popular. Participa!

Amizades

São três irmãs muito próximas nas idades, muito diferentes nas suas atitudes, todas elas com forte personalidade.
Foram cescendo no mesmo quarto e aos poucos foram adquirindo o seu próprio espaço quando entraram na escola primária.
E foi mais ou menos a mesma coisa quando houve a transição do jardim de infância para o primeiro ciclo.

Amizades

No ano passado, cada uma delas tinha a sua professora, na pequena escola da aldeia, uma escola com pouco mais de 30 alunos.
Este ano a C. ficou sózinha. Porque a M., mais velha de um ano e meio entrou para o segundo ciclo e teve de deslocar-se para a sede do Agrupamento Escolar. Porque a J., a mais nova ...
E todos pensávamos que a C. ficaria feliz, numa escola só para ela!
Ela, que fora sempre tão esprimida entre duas irmãs!
Não é por acaso que se fala de crianças "sandwichs"?

De repente, sentiu-se desorientada, na hora do recreio, por não as ter por perto.
Na hora do almoço, já não tinha a J. para vigiar ou acarinhar.
Nas idas e voltas, casa - escola - casa, passaram a ser muito solitárias (reconheço que dantes foram sempre verdadeiras festas, cantávamos, contávamos histórias e era sempre uma grande alegria dizer Bom Dia à natureza, enquanto caminhávamos).

Houve um longo periodo de adaptação. Passou a ser mais agradável almoçar em casa. Fez novas amizades. Mas a amizade com as irmãs ficou reforçada.

O avental que acabei de fazer, foi para homenagear este sentimento.
E um Olá para todos os que se cruzarem com ele.



1+2

Os balões

Só estava tu e eu, no meio da tarde.
O sol já baixo, o vento a soprar forte e o desejo de fotografar os dois aventais acabados de fazer.

Os balões

Um avental para uma criança.
Um avental para um adulto, abotoado com um botão de madeira nas costas.
Os bolsos são simples balões bordados. E nós as duas com a grande vontade de os largar ao vento.
São feitos de linho e algodão.
...

Gosto muito dos aventais da Anthropologie. Para crianças, claro!