chinoiserie

Chinoiserie

O dia em que soube da última gravidez da minha amiga, o bébé nascia.
Há precisamente nove meses que não nos víamos.

De férias e sem a máquina de costura, recorri às agulhas, linhas e restos de tecidos para fazer uma chinoiserie ou seja, uns sapatinhos em algodão que muito lembram os dos chineses.
Bordei numa sola a data de nascimento e na outra, o nome.
Envoltos em papel de seda, dentro duma caixa antiga, seguiram finalmente pelo correio.

Deixar uma resposta