Chinoiserie

Chinoiserie Chinoiserie Chinoiserie O dia em que soube da última gravidez da minha amiga, o bébé nascia. Há precisamente nove meses que não nos víamos. De férias e sem a máquina de costura, recorri às agulhas, linhas e restos de tecidos para fazer uma chinoiserie ou seja, uns sapatinhos em algodão que muito lembram os dos chineses. Bordei numa sola a data de nascimento e na outra, o nome. Envoltos em papel de seda, dentro duma caixa antiga, seguiram finalmente pelo correio.
chinoiserie

Chinoiserie

O dia em que soube da última gravidez da minha amiga, o bébé nascia. Há precisamente nove meses que não nos víamos. De férias e sem a máquina de costura, recorri às agulhas, linhas e restos de tecidos para fazer uma chinoiserie ou seja, uns sapatinhos em algodão que muito lembram os dos chineses. Bordei numa sola a data de nascimento e na outra, o nome. Envoltos em papel de seda, dentro duma caixa antiga, seguiram finalmente pelo correio.
livros_escolares

Os livros escolares

Recorri a este movimento de cidadania, para me ver livre dos livros escolares que fomos acumulando ao longo dos anos. Na verdade, nunca vi o meu dinheiro tão mal gasto. Todos os anos, com o regresso às aulas, fico com o mesmo nó na garganta. A despesa escolar é uma loucura escandalosa. Temos 3 filhas que se seguem e a mais nova, este ano escolar, nem pode recuperar um único livro das irmãs. Para que serve guardá-los se alguns até estão completamente novos, pois nunca foram utilizados pelos professores durante o ano lectivo. Um verdadeiro desperdício de livros e dinheiro que, espero eu, talvez ainda possam vir a ter novos usos.

Os livros escolares

Desperdícios escolares Recorri a este movimento de cidadania, para me ver livre dos livros escolares que fomos acumulando ao longo dos anos. Na verdade, nunca vi o meu dinheiro tão mal gasto. Todos os anos, com o regresso às aulas, fico com o mesmo nó na garganta. A despesa escolar é uma loucura escandalosa. Temos 3 filhas que se seguem e a mais nova, este ano escolar, nem pode recuperar um único livro das irmãs. Para que serve guardá-los se alguns até estão completamente novos, pois nunca foram utilizados pelos professores durante o ano lectivo. Um verdadeiro desperdício de livros e dinheiro que, espero eu, talvez ainda possam vir a ter novos usos.