Agradecer a hospitalidade

Abderrazzak, o homem da carne
Zohra, a tecedeira
Mouloud, o berbere

Tenho fotos por imprimir, cartas por escrever e a enviar para Marrocos. É imperativo agradecer as pessoas que de alguma forma tornaram a nossa viagem única; a Abderrazzak, o homem da carne, que faz as melhoras “pizzas” alguma vez comidas (parecida a nossa bôla mas condimentada de sabores genuínos); a Zohra, a tecedeira que me deixou penetrar o mundo da mulher (voltarei a falar sobre este tema). Mas nada disso teria acontecido sem o nosso “guia”, Mouloud o berbere, o nosso grande amigo, que tão bem entendeu o propósito da nossa viagem.
Não conheço povo mais hospitaleiro!

Agradecer a hospitalidade
Agradecer a hospitalidade
Agradecer a hospitalidade

4 comments on “Agradecer a hospitalidade

Deixar uma resposta