Coisas dos Tempos que já lá vão

Coisas dos Tempos que já lá vão
Coisas dos Tempos que já lá vão
Coisas dos Tempos que já lá vão

Gosto de tudo um pouco, mas há lugares, coisas que mexem mais comigo.
Gosto de histórias, gosto da palavra “passado”, porque sem ela não seria nada.
Gosto mais ainda do passado projectado no futuro. Porque é possível recriar, conciliando, conjugando.

Do sotão da mercearia do Senhor Gomes trouxe um serviço de chá e um serviço de café (que mostrarei mais tarde) da antiga Fábrica de Loiça de Sacavém.
Das minhas gavetas, seleccionei tecidos e materiais de outros tempos que já lá vão e que vou proximamente aprender a conjugar porque é possível, com poucos recursos, elaborar e criar diversas peças, mesmo sendo elas taleigos, bolsas, estojos ou outros.
É, com esta paleta de tons que imagino vestir o meu Outono!

0 comments on “Coisas dos Tempos que já lá vão

  1. rita

    Sendo eu de Sacavém, tenho toda uma herança psicológica e também física da loiça da minha terra. Essa, a do cavalinho, é talvez a mais presente, em preto, rosa ou verde. A da avó era verde e muito a olhei.
    Já visitaste o Museu de Cerâmica de Sacavém?

    Abraço,
    **rita

    Reply
  2. rita

    Bem perto de minha casa 😉
    Toda essa zona da urbanização era a Fábrica da Loiça, eu infelizmente não a conheci na totalidade, só o exterior e o portão com o painel que informava simpáticamente que “Sacavém é outra loiça” 😉

    Abraço **rita

    Reply
  3. Pingback: O serviço de café « XuXudidi et plus encore

Deixar uma resposta