Em zigue-zagues

Em zigue-zagues
Em zigue-zagues
Em zigue-zagues

Há uma semana que estamos de férias à beira mar plantado.
Até setembro vai ser mais ou menos assim, uma viagem por Portugal, feita em zigue-zagues.

Sem televisão ou amigos por perto, reinventámos os nossos dias. Na hora de maior calor, brindamos com a sesta (é impressionante como estavamos a precisar de repouso) entrecortada de sessões de pinturas e aquarelas.
As conversas animadas são sobretudo em torno das nossas leituras, passamos a semana a perguntar uns aos outros o desenrolar das histórias.
A Ju. iniciou-se na língua francesa com a BD de Roger Leloup Yoko Tsuno.
A C. adora Roald Dalh com as fantásticas ilustrações de Quentin Blake.
A M. não descançará se não acabar a obra toda de Agatha Christie.
O “Papa Filou” nos lembra que o mundo existe, quando nos dá conta das notícias do dia via imprensa!
Até já!

Em zigue-zagues
Em zigue-zagues
Em zigue-zagues

0 comments on “Em zigue-zagues

Deixar uma resposta