Tudo por causa dos ovos

Tudo por causa dos ovos
Tudo por causa dos ovos
Tudo por causa dos ovos

Todos os dias alguém bate à porta para matar a saudade e, entre outras coisas, trazem ovos. Como não sei medir a generosidade de tal gesto, os ovos vão acumulando.
Enquanto os amigos estiveram em casa, tive mãos para bater as claras em castelos. Agora tive de pedir uma batedeira emprestada para assim satisfazer o pedido das miúdas.
O regresso a casa é um regresso à infância (dizem elas) como se já fossem velhas!
Querem os ovos escondidos no jardim, vestir o avental, usar o lenço e procurá-los com o cesto debaixo do braço.
Pediram também “îles flottantes” (farófias) que a Mutti faz tão bem. Foi no livro do Jorge Tavares da Silva que descobri uma receita aproximada. Receita essa, que segui à letra, embora tivesse vontade de substituir a canela pela vagem de baunilha. Na minha opinião dar-lhe-ia um sabor mais delicado, mais próximo da minha própria infância. Bom, na verdade já não seria La Cuisine Portugaise de Tradition Populaire.

O livro, publicado aquando do Festival Europália 91, na Bélgica, recomenda-se.

La Cuisine Portugaise de Tradition Populaire
De Jorge Tavares da Silva
Le Guide des Connaisseurs, 1991

5 comments on “Tudo por causa dos ovos

  1. bichosdamatos

    Oh! Cá em casa conhecemos bem esse livro. O filho, às vezes, segue as receitas do pai:-) beijos

    Reply
  2. Jorge Tavares da Silva

    Chère Diane,
    Je suis ravi de voir que le livre que j’ai “en son temps” offert à mon ami Filipe, réussit à séduire les cuisinières et les apprenties cuisinières d’aujourd’hui.
    Plus tard, une autre édition de ce même livre est parue pour le remettre à jour.
    En février de cette année j’ai publié un autre livre de cuisine belgo-française, dont un exemplaire est à Lisbonne à votre intention.

    Jorge

    Reply
  3. margarida

    Lá em casa adoramos farófias! Não há clara de ovo que sobeje que não tenha esse fim :-) e o barulhinho que elas fazem ao desfazer-se na boca???? ahhhh imbatível!

    Reply

Deixar uma resposta