A Casa do Gil

A casa do Gil A casa do Gil A casa do Gil Nunca mais lá tinha regressado depois da partida da prima Albertina. As paredes e tudo aquilo que elas continham, associavam-se a ela. O filho, embora vivesse debaixo do mesmo tecto, na minha memória, reservava-lhe os lugares mais masculinos, por baixo da habitação, tais como a loja, o curral, o fumeiro, o lagar, a adega ... Fui visitá-lo para o agradecer dos deliciosos grelos da sua horta. A casa está no mesmo lugar, com a mesma desordem mas de cara lavada. Read More

O Pastor

O Pastor O Pastor O Pastor O Pastor É a primeira pessoa com quem me cruzo quando regresso à casa. Ainda bem porque vejo neste olhar, nessa voz tão calma como um sinal de boas vindas. Ele passa debaixo das janelas da casa ora de manhã, ora no final da tarde e surpreendo-me ainda hoje, ao fim de tantos anos, como o som dos chocalhos é terapêutico e como ainda consigo sorrir de bem estar. Sigo-lhe o rasto, através dos meus passeios matinais pelos matos. Dentro de dias, como todos os anos aliás, as ovelhas serão tosquiadas. Sinto-me em casa!

No Monte do Vento

No Monte do Vento No Monte do Vento No Monte do Vento No Monte do Vento Mandar calar as crianças numa visita de estudo ao Monte do Vento, é missão praticamente impossível. Por essa razão, a observação das aves passou-nos um pouco ao lado apesar do entusiasmo da caminhada no montado. Mas presenciámos os javalis, as lontras e outros tantos bichos. Houve jogos didácticos, muito originais e simples. Uma visita à estufa das plantas aromáticas e medicinais impôs-se, descobrindo nós todo o seu processo até a secagem e embalagem. Este foi o primeiro dia das nossas férias! A estufa A estufa

O Moinho do Alferes

O Moinho do Alferes O Moinho do Alferes O Moinho do Alferes Na rota do "Circuito do Pão", o Moinho do Alferes surge nas margens da ribeira do Vascão como um pequeno oasis no meio dos cerros onde o trigo foi lentamente substituído pelas estevas. Em pleno Parque Natural do Vale Guadiana, é um lugar apaziguado, rico em flora e fauna. É nesse cenário que a Associação de Defesa do Património de Mértola, em parceria com a Cooperativa Oficina de Tecelagem de Mértola organizarão, no final deste mês um "workshop de tecelagem" onde está incluído no programa, a lavagem da lã nas águas do Vascão. O ano passado, tinha sido assim. O moinho, em fase final de restauro, tem engenhos hidráulicos em perfeito estado de conservação que permitem entender o seu real funcionamento até à década de 60. Hoje, a ADPM tenta preservar e ensinar esta relação património-homem-natureza. O Moinho do Alferes O Moinho do Alferes O Moinho do Alferes

Sweet home

Sweet home Sweet home Sweet home Sweet home Sweet home Meio doente em casa, deu-me para pregar na parede e rapidamente colocar a prateleira que salvei no sotão desta mercearia. As miúdas, sossegadíssimas, noutro canto da casa, tiveram uma explosão de criatividade. Moi aussi je t'aime Julieta!