O Mestre Simão

O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão
O Mestre Simão

Li com muito interesse este relatório documental apesar de o achar bastante incompleto. É pena não estar aqui mencionado o ofício tradicional do sapateiro.
O calçado alentejano merece melhor relevância.

O Mestre Simão tem 75 anos, excerceu toda a sua vida com excepção duma paragem de mais de 15 anos quando emigrou para a Alemanhã.
Tem trabalho, muito trabalho. Demora perto dum mês para satisfazer os pedidos. Um par de botas, feitas por medida, com as medidas correctas em cada pé.
Há clientes com problemas ortopédicos que recorrem a ele e que, passados muitos anos, voltam para concertar o mesmo sapato.
Os clientes são de tudo um pouco, engenheiros, muitos espanhóis, agricultores e até mulheres como eu, com um pé grande e canelado fino.
Mandei fazer a minha botina, à medida perante o olhar divertido da aldeia.

O Mestre Simão
O Mestre Simão

0 comments on “O Mestre Simão

    1. mamanxuxudidi

      Há um homem que de vez enquando aparece (embora tenha uma outra profissão) para aprender mas acha que o trabalho de sapateiro é muito demorado. A aprendizagem leva mais ou menos 2 anos, estando todos os dias na oficina:)

      Reply
  1. Pingback: Work in progress « XuXudidi et plus encore

  2. Pingback: mestre rosa | A Ervilha Cor de Rosa

  3. Ana

    Olá Sra. Xuxudidi!
    Descobri, há minutos, este maravilhoso site, e como tal, gostaria de deixar aqui o meu apreço e admiração pelo belíssimo decorrer de posts cada vez mais deliciosos!
    Parabéns!
    Belíssimas fotografias que nos mostram belíssimos momentos e tradições!
    Aproveito também para perguntar como poderei encontrar o Sr. Mestre Simão, e os seus belos trabalhos em forma de líndissimos sapatos!
    Um forte desejo de boa e frutífera contínuação de construção e edição deste site maravilha :)

    Reply
    1. mamanxuxudidi

      Olá Ana,
      Agradeço as suas palavras. Fico contente de ler pessoas que, como eu, apreciam o que o Homem sabe ainda fazer com as suas mãos.
      Num post onde mostro as botinhas acabadas, indiquei a morada dele. O Mestre Simão vive no Monte dos Mestres, perto de Almodôvar. É só chegar e perguntar por ele:)

      Reply
      1. Ana

        Obrigada pela pronta e simpática resposta, Xuxudidi!
        A minha pergunta justifica-se pela razão de não ter visto a referência à morada do senhor, como referiu..
        De facto, gostaria muito de um dia poder fazer uma visita e uma encomenda ao Mestre Simão!

        Como refere, também eu me interesso bastante pela cultura dos objectos e dos saberes deste país tão rico! É triste ver o desinteresse e abandono votado a estas pessoas e à sua riqueza herdada de gerações. Como tal, é muito bom ver o seu empenho em documentar e mostrar estes momentos de magia em que a nossa cultura vai sobrevivendo à medida que cada bota/renda/lavor… nasce.

        Uma vez que falamos desta temática aproveito para dar-lhe a conhecer um projecto que tenho desenvolvido há já algum tempo e que visa precisamente a documentação dos diversos saberes de todo o país, aplicando-os à concepção original de um objecto e a divulgação do mesmo ao maior número de portugueses (interessados ou mesmo os desinteressados!). Pode conhecer o visitar o projecto em http://www.projectoemaberto.blogspot.com ou em https://www.facebook.com/profile.php?id=100002950650721&ref=tn_tnmn
        Espero que goste de o conhecer!

        Obrigada mais uma vez pela brevidade e simpatia!

        Reply
  4. Pingback: De Mestres é feito este Monte « XuXudidi et plus encore

Deixar uma resposta