La Femme qui est en toi

La Femme qui est en toi
La Femme qui est en toi

Pouco a conhecia.
Por isso, o quanto deve ter sido difícil para ela despir-se à minha frente e expor o corpo sem artefactos, como foi difícil para mim assumir o olhar e, apesar do frente a frente, encontrar a mulher que está dentro dela.

Sentou-se na cadeira, desarmada, entregue.
As costas muito direitas, o sorriso nos lábios, uma tensão quase natural aos olhos da luz.

Foi no encontro das nossas emoções, nesta intensa comoção que nasceram as mais belas fotografias, retratos duma mulher em véspera da primeira intervenção cirúrgica para a reconstrução mamária.

Apanhada no turbilhão que avassala as mulheres, a série fotográfica foi vista como um instrumento capaz de a ajudar a superar o virar dum ciclo, com todas as incertezas inerentes ao começo dum novo.

0 comments on “La Femme qui est en toi

  1. inês

    sem verdadeiras palavras para comentar… a fotografia descreve melhor…. e toca o coração, uma realidade bem presente na minha familia e de tantas mulheres.

    Reply
  2. Angelina Rodrigues

    Estive perto, muito perto desta realidade. Não há palavras. A imagem fala por si.
    Continue por favor com este seu belo trabalho. Parabens.

    Reply

Deixar uma resposta