Um Adeus muito Português

Um Adeus muito Português
Um Adeus muito Português
Um Adeus muito Português

Não será por falta de vontade em fazer mantas, mas tive muita dificuldade em me decidir cortar estes retalhos de fazenda de lã, 100% lã, 100% português, porque não voltarei a encontrá-las no mercado.

As fábricas há muito fecharam e aquelas que persistem, investem em outros tipos de materiais que pouco têm a ver comigo.
A Nazaré e os tecidos escossêses, é o último reduto. Até quando?
A manta fez-se porque os invernos são rigorosos para um país cujas casas não chegam a aquecer. Com a subida das taxas da electricidade, do gás, penso que a lã e as mantas voltarão em força.
Dei-lhe o nome de “Um Adeus muito Português” porque habituei-me a ver, o que Portugal tinha de melhor, a desaparecer face à globalização e ao desprezo do que é nosso!
Tem as cores de Portugal para nunca esquecer a sua origem.

*para mais informações, podem contactar-me.

0 comments on “Um Adeus muito Português

  1. Elsa Castelo

    Tal como os pedaços de tecido cortados faziam adivinhar ficou linda. E tu também ficaste muito bonita com ela pelas pernas. Um Natal muito feliz para vós.

    Reply
  2. joana

    Um beijinho de feliz natal, de parabéns pela linda manta e por amares e defenderes o que “é nosso”… e por esse sorriso que nunca mostras aqui (e que é fantástico!) e ilumina a alma de quem o recebe!

    abraço,
    joana

    Reply
  3. mariadanazare

    Belíssima manta! Também tenho pena de ver desaparecer o que é português para dar lugar a algo que não tem nada a ver connosco e que prima pela foleirice e baixa qualidade! Bom Ano Nove cheio de boas inspirações!!

    Reply
  4. Na vitrine

    Realmente é uma pena vermos desaparecer o que Portugal tem de melhor.É revoltante vermos o desprezo de quem poderia fazer alguma coisa por preservar o que é nosso. Aos poucos vamos perdendo a nossa identidade!
    Pelo menos ainda há algumas pessoas como tu que vão fazendo história e deixando memórias bem portuguesas:)

    Boas festas

    Reply
  5. glaucia

    Muito linda a manta, e adorei a foto tb :)
    Por aqui tb estão desaparecendo as coisas boas em troca daquelas que nada tem a ver nem com qualidade nem com a identidade. Uma pena, meu país cresce (?) às custas do que realmente vale a pena. ( como o linho ou o nosso chitão, vencidos pela concorrência desleal com os sintéticos chineses).
    A parte boa é ver a retomada do gosto pelo trabalho artesanal. Ainda que em parte muito influenciada pelo que vem de fora do país.

    Aproveito para desejar um excelente 2012 para vc e sua família e agradecer pelos momentos agradáveis que passei visitando seu blog em 2011:)

    Abraços brasileiros!

    Reply
  6. Joana

    Muito lindas, as duas!
    Aproveito para deixar o meu testemunho, como orgulhosa dona da irmã mais velha dessa manta. Para além de linda e impecavelmente bem feita, é quente, confortável, macia e pesada. Tudo o que se quer numa boa manta de inverno.

    Reply
  7. Pingback: A Casa dos Escoceses | XuXudidi et plus encore

Deixar uma resposta