Ir, dormir e partir

Ir, dormir e partir
Ir, dormir e partir

Fui, dormi e parti. Chegámos ontem, de noite. Céu estrelado. Noite bonita. De manhã, tempo chuvoso. Céu cinzento. Tempestade. Engarrafamentos. Assim defino a minha ida a Lisboa. Tudo por causa duma reunião muito proveitosa. Pessoas dinâmicas e interessantes. Respeitando as tradições mas de olhos bem abertos sobre o futuro. Que diferença, face ao desânimo galopante e frustante nacional, actual. Regressei.
Ouvi dizer que 61% dos portugueses são urbanos.
Digo: é tão bom viver no campo !

0 comments on “Ir, dormir e partir

  1. Lurdes

    Olá MQ Como vão as coisas contigo? Pois és mesmo uma sortuda embora eu não me possa queixar muito. Viver em Coimbra é bem diferente da capital. Beijinhos

    Reply

Deixar uma resposta