E vivam as férias!

E vivam as férias!

Ao deixar aqui o meu testemunho, estarei a responder às numerosas mensagens que tenho recebido ao longo do ano. A escola não acabou, como começou, para a J.
O esforço e a vontade são do mérito dela e daí vir dar-lhe os parabéns. O resto são meros instrumentos postos à sua disposição para a ajudar no difícil caminho da aprendizagem.
O núcleo familiar, a estabilidade emocional e o amor, são fundamentais.
Faz um todo!

Em Setembro entrou para a escola neste pé.

Até ao Natal ou seja, até ao fim do primeiro periodo, foi possível, não sem algo sacríficio, deslocar-nos ora até Lisboa ora até ao Porto, para fazer quinzenalmente a revisão necessária dos óculos prismáticos.
Reconheço que apesar do investimento inicial não ser para qualquer bolsa, a revisão só se efectua nestas duas cidades, embora de forma gratuita, se bem que para as pessoas que residam longe destes dois grandes centros urbanos, torna-se penoso.

De Janeiro até à Páscoa, abrangendo todo o segundo período, foi-me impossível efectuar as mesmas deslocações, a não ser esta.
Rapidamente a J. deixou de usar os óculos por estarem desregulados. Além de incomodar, não estavam a favorecer o tratamento.
E assim foi, praticamente até hoje!

Acredito no efeito positivo do tratamento do Dr. Alves da Silva.
Houve uma tomada de consciência quanto à rectificação de posições de postura.
Ao longo do ano, a J. usou e abusou do leitoril, uma peça fundamental que deveria ser obrigatória nas escolas. A posição do sentar e do deitar, as palmilhas, o aparelho dentário (por causa do ranger dos dentes) e as lentes prismáticas são acessórios importantes para uma boa evolução do tratamento.

A J., como qualquer criança, fez as provas de aferição (4º ano) e teve notas positivas, embora não tenha acabado a tempo as provas propostas. Começam as férias e com ela acaba um ciclo escolar. Sem dúvida, foi uma grande victória para a J. e também para nós!

0 comments on “E vivam as férias!

  1. Catarina

    Estas férias vão saber ainda melhor! Já estou a vê-la em Santana a correr atrás da bola com os novos amigos:-) Parabéns também a ti, Diane!

    Reply
  2. Rosália Sofia

    Parabéns para a J.
    Fico muito feliz por saber que, apesar de todas as dificuldades enfrentadas este ano, conseguiu começar a caminhar de forma mais autónoma (já sem medicação!). O importante é sempre a vontade e empenho que pomos para resolver as situações que vão aperecendo no dia a dia… Ea J. sempre teve uma grande vontade!!!
    Um beijinho grande para todos e boas férias.
    São bem merecidas…

    Reply
    1. mamanxuxudidi

      Olá Rosália,
      uma lágrima no canto do olho por saber que em silêncio, continua a seguir o percurso da J.
      Teria tanto para contar… (vou escrever um mail).
      O que importa aqui deixar é que infelizmente foi preciso no meio do primeiro período voltar a medica-la. A J., além de ser disléxica e disortógrafa, também é uma criança hiperactiva com defice de atenção.
      Um beijinho,

      Reply
  3. mariadanazare

    O amor tudo vence! Não desistir de quem amamos, já é uma vitória! Parabens à J. e a todos os que com ela convivem!

    Reply
  4. graziela andrade

    Esta fantástica família está de parabéns e as férias serão revigorantes.
    Á filhota J. uma palavra de particular apreço pelo esforço e grande coragem que vem demonstrando.
    Reivindicar nas escolas a implementação dos apoios consagrados em diploma específico! Não desistir é o lema!

    Reply

Deixar uma resposta