tue-tue

tue-tue
tue-tue
tue-tue

É muito curioso o fenómeno da blogosfera e das relações que se vão tecendo. As minhas filhas também não são imunes. Partilho com elas alguns dos blogs que são inspiradores. Sabem o nome e de vez em quando perguntam por eles.
Também sinto esta noção de perda, quando por alguma razão os autores despedem-se. Uns apagam de vez o passado relatado, outros deixam impresso uma sombra que com o diluir do tempo passa para a pasta dos arquivos.

tue-tue é para nós, um blog de referência por vários motivos. Sem pretenção, cheio de criatividade.
As miúdas devem à Débora, a infinita possibilidade de criar livremente à volta do playmobil.
O fim-de-semana passado, a J. transformou uma simples caixa de vinho numa caravana no meio dum prado, com um rio a passar ao fundo e nas suas margens, uma zona de lazeres. Algumas das árvores são o reaproveitamento das serpentinas do Carnaval; os reflexos da água, uns tecidos.

Conhecem o metro*subway, feito a partir duma caixa de ovos? E a casa do macaco? O lindo barco? A pipi das meias altas? O castelo? A loja das flores? O guindaste? O aeroporto? O zoo? O swimming pool? A estação de comboios e este fabuloso mercado, para não me alongar mais!
tue-tue é como um livro que sem dúvida fica como referência da infância das minhas filhas.
Queriamos cantar com ele os Parabéns!

tue-tue
tue-tue

0 comments on “tue-tue

  1. SofiAlgarvia

    Que coisas tão giras, Diane!
    Os blogues acabam por também servir de meio para transmitir tradições, hábitos e culturas diferentes, como tu o fazes ao divulgar os trabalhos dessa “tua” terra. E outros há que servem de inspiração à imaginação dos mais novos e dos mais velhos também. Fazemos como vemos fazer, experimentamos receitas que nos parecem boas, usamos pontos que nos parecem bonitos nas fotos dos blogues por onde passamos.
    E o tue-tue é muito “apetecível”.
    Parabéns também pela vossa “zona de lazer”!

    Reply

Deixar uma resposta