Sossegar

Sossegar
Sossegar
Sossegar

Esqueci-me da sensação que poderia causar na criança, quando falámos em passar o Natal na “Outra Casa”.
A última vez que viram o estado de sítio, foi quando se retirou a primeira pedra e desde então povoa no imaginário delas, imagens que vou relatando através do progresso ou atraso do andamento da obra.
Apesar de já saberem que não haverá cozinha, falta o chão para colocar e toda a aparelhagem digna duma boa cozinheira, vamos lá passar a consoada. É ponto de honra, neste grande desafio familiar.
A J. literalmente ansiosa porque não imaginava o estado da casa actual, fez questão de me acompanhar nesta longa viagem. As primeiras camas seguiram connosco e ela, que abomina as deslocações, aguentou a valer os 1200 Km percorridos em 24 horas!
Sossegou ao ver a lareira, afinal o Pai Natal também pode passar por lá.

0 comments on “Sossegar

  1. hpc

    Que grande coragem, Diane! Parabéns!
    De certeza que o Natal vai ser especial, digno de ser guardado para sempre.
    Acho que vai haver por aí uma venda de Natal em que nos vamos conhecer. Vou portanto esperar por isso para te desejar um bom Natal.

    Reply
    1. mamanxuxudidi

      Acabei por fazer um bolo com algumas variantes da Maria. Mas só poderei falar nele depois de ter provado.
      Bom, na realidade ainda estou a ponderar a ementa pronta a 600 km de casa, fácil de transportar, com o carro cheio de tralhas. A aventura é já em si uma verdadeira delícia:)

      Reply
  2. Catarina

    Adorava ser um ratinho para ver o Pai Natal descer pela chaminé e a cara da Julieta, ainda por cima o vosso Pai Natal tem barbas brancas e tudo;-)
    Beijinhos a todos, até breve!

    Reply

Deixar uma resposta