Espreitar

Espreitar
Espreitar

Gosto de espreitar as janelas encerradas, a casa desabitada, a mercearia fechada.
Gosto de ver este tempo que passa, imutável, impresso no lugar.
Por onde ando, não há curiosos, nem intrusos, muito menos larápios.

7 comments on “Espreitar

Deixar uma resposta