Nada muda realmente

Nada muda realmente, a não ser que vão crescendo.
A M. faz actualmente a sua primeira viagem a Londres sem a família, feliz por descobrir a cidade e ansiosa por abraçar novas culturas.
A J. chorou a partida. Para compensar o vazio, chegam as amigas e reinventam-se os lugares à mesa.

Tenho uma encomenda de taleigos exclusivamente com tecidos portugueses. Quem me diz que os tecidos encontrados sejam um produto nacional?

3 comments on “Nada muda realmente

  1. Z

    nada muda?!…. sabes, apetecia-me brincar com essas barbies aí na água!Sim, nada muda. ou muda, tudo é reeinventado! Renovado! Mas o sentimento, esse sim, fica para sempre!

    Reply
  2. Owl_mania

    Quanto à nacionalidade dos tecidos, valeu a intenção e a tua pesquisa!A fotografia deixa-me ansiosa! Está lindo! Adoro as Barbies a boiar no tanque (loago, piscina?).As tuas filhas são uma maravilha!

    Reply

Deixar uma resposta