Trip to London







Foi uma surpresa.
Agradável, como um chocolate na boca, entusiasmante, como um bolo de chocolate enorme de tamanho XXL e sentimentos esquisitos como borboletas na minha barriga.
Hyde Park. British Museum. Tower Bridge. London Eye. Houses of Parliament. Buckingham Palace... como sabores misturados. O barulho das águas poluídas do rio Tamisa, o tocar das horas passadas, controladas pelo exuberante Big Ben, a sinfonia musical da troca de guardas reais, exibindo as fardas.
Madame Tussauds e as suas celebridades de cera, Brad Pitt (aiii), Miley Cyrus (ehhh), Kesha (tik tok), Nicole Kidman (yess!), Bob Marley (no women no cry!).

Adorava viver em Londres. Relembro ainda os hipnotizantes zumbidos que repetiam de 2 em 2 minutos: "Please mind the gap between the train and the platform".


Impressões duma viagem a Londres, pela M.

Dos taleigos







Vou aproveitar uma ida ao Porto, para amanhã entregar em mão a encomenda de 8 taleigos. Sei que terão outro destino, fora de Portugal, razão pela qual pediram para que usasse exclusivamente tecidos portugueses.
Ando a coleccionà-los, mas tenho um fraquinho pelos mais antigos e não há muito tempo descobri "os riscados".

Confesso que devo muito à Maria, uma profunda gratidão porque se ela não me tivesse comprado o meu primeiro taleigo (todo ele tão imperfeito), penso que não teria seguido em frente neste projecto.

Hoje, adiciono mais de 50 taleigos feitos ao longo destes dois anos.
Há dias, recebi esta foto. Os gatos também gostam!

Nada muda realmente







Nada muda realmente, a não ser que vão crescendo.
A M. faz actualmente a sua primeira viagem a Londres sem a família, feliz por descobrir a cidade e ansiosa por abraçar novas culturas.
A J. chorou a partida. Para compensar o vazio, chegam as amigas e reinventam-se os lugares à mesa.

...

Tenho uma encomenda de taleigos exclusivamente com tecidos portugueses. Quem me diz que os tecidos encontrados sejam um produto nacional?

Os novos acessórios







Já não me sei passar destes novos acessórios que vieram revolucionar o meu método de trabalho. Deixei o dedal que fora da mãe da minha mãe, para um dedal em silicone e com a sensação de não sentir o dedo atrofiado após horas de trabalho.
O marcador é sensacional. Muito melhor que o lápis ou qualquer tipo de marcador, este simplesmente vinca de leve o tecido, desaparece quando passar a ferro.
É com estes dois instrumentos que acabei o estojo de agulhas de tricot.
Está disponível aqui.

Le temps des cerises







É o tempo das cerejas, dos horários livres, da preguiça, dos amigos.
Acabou a escola e para algumas aqui em casa, é o fim de um ciclo.
Para mim é a despedida daquela pequena escola da nossa terra que tanto acarinhei, onde vi nascer tantos projectos, gloriosos projectos e cujos alunos de lá saíram mais enrequecidos.
Quem faz a escola são os alunos, os professores e os encarregados de educação, quando estes têm um papel activo e participativo. Os alunos, os nossos filhos, agradecem.
São férias bem merecidas.