Estes dias





Entre as visitas de amigos que se cruzam, as compotas de morangos que têm de ser feitas, porque á a altura delas e que as quantidades são muitas, pouco sobre para outras coisas.
Numa visita guiada à povoação, cruzei-me com Dona Ilda. Com roupa velha está a fazer um tapete com a agulha do crochet. Encomendei-lhe um com a minha roupa velha de casa.
Aqui está uma outra maneira de reciclar roupa usada.





A encomenda





Gosto de me sentir livre na interpretação dos materiais que utilizo.
Receber uma encomenda e deixar-me criativa, é o que há de melhor.
As medidas foram impostas, a escolha das materias e a escolha do padrão foi minha.
Um trabalho que gostei particularmente de realizar, embora ainda não tenho a aprovação da pessoa que me encomendou o caminho de mesa.

A manta pic-nic







É debaixo dum guarda-sol, de 1900 que estendi a manta pic-nic.
O patchwork foi totalmente pespontado à máquina sobre uma coberta de algodão, o debrum foi feito à mão.
Inspirei-me nos tons de Maio, das papoilas, dos malmequeres, dos pampilros e este sol que agora chegou, convida ao ar livre.
Uma manta pic.nic a dois ou em família e uma sesta bem merecida à sombra duma árvore.
Ela está disponível aqui.