“Donne-moi ta langue”

Para combater a ideia crescente duma identidade nacional, uma escola primária de Paris está a levar a cabo um projecto intitulado “Donne-moi ta langue” (dá-me a tua lingua).
Caberá aos pais contar a história do capuchinho vermelho na sua língua materna.
Para ajudar os mais necessitados, uma amiga minha pediu-me para lhe encontrar um livro em português desta mesma história.
Confesso que na livraria não tive grande escolha e acabei por levar a versão de António Rodríguez Almodóvar da editora Kalandraka.
Antes de expedir o livro, tive a feliz supresa de ler uma bonita história onde não faltam expressões idiomáticas que de certeza, os encarregados de educação portugueses terão orgulho em exemplificar.

O projecto, não só visa partilhar as origens tão diferentes uns dos outros, como também valorizar e não renegar, a língua de origem que fora dos pais, dos avôs, na tentativa de que as crianças não a esqueçam e se orgulhem dela.

Uma interessante iniciativa de sensibilização que de igual forma, poderia ser aplicada nas escolas em Portugal.

A verdadeira história do capuchinho
De António Rodríguez Almodóvar
Ilustrações de Marc Taeger
Kalandraka, 2009
www.kalandraka.pt

One comment on ““Donne-moi ta langue”

Deixar uma resposta