A “capinha”

Prefiro chamar-lhe “capinha”. Já falei dela na altura do Natal porque era uma prenda para a minha mãe, na tentativa de reproduzir o xaile que pertenceu à minha bisavó.
Com as agulhas 2,50 mm fui tricotando em ponto de meia e rapidamente apercebi-me que o novelo silk garden sock da Noro não ía chegar.
Foram precisos mais de 250 gramas desta magnífica lã para agora acabar a “capinha”.

One comment on “A “capinha”

  1. Pingback: Tricotar em público « XuXudidi et plus encore

Deixar uma resposta