Os nossos cogumelos

Tivemos razão em esperar. O ano passado houve um.
Há dias atrás quizeram antecipar a chegada dos coprinus barbudos. A J. coleccionou os sacos de papel dos talheres da cantina para, com as irmãs, criar simples tortulhos.

Entretanto, à volta do Castanheiro da Índia há um verdadeiro desfile de coprinus. É um prazer vê-los nas suas várias fases de desenvolvimento.
Este ano não os vamos colher, para no próximo ano, nascerem muito mais.
Então sim, colher-los-emos para nos deliciarmos com eles.

Deixar uma resposta