Amor à Profissão

São estabelecimentos públicos, lugares comuns como cafés ou restaurantes.
Mas são sobretudo lugares com cunhos e personalidades próprias. Chamo-lhe poesia e amor à profissão.
Fogem à regra dos estereótipos comuns impostos pela sociedade.

O Café Bert de Mirmande já fechou as suas portas devido à idade avançada do Pierre que ao longo de muitos anos foi coleccionando cacos da loiça partida pelos fregueses e com eles, criou lindas mesas de mosaicos.

L’Oiseau sur sa Branche é o café utópico ou se queremos, um restaurante onde transborda a criatividade.
As palavras brotam da ementa, das iguarias e da atmosfera em geral.

Le Claire de la Plume é a fineza da pena da Marquesa de Sévigné recriada num jardim romântico.

Não posso deixar de aqui referir o Saudade, da Mary e do Luís, porque é um pouco disso tudo, a vontade de sonhar bem alto e mostrar o que Portugal também tem do seu melhor. Em Sintra.

L’oiseau sur sa branche
La placette
26400 Saoû – França

Le Clair de la Plume
Place du Mail
26230 Grignan – França

Saudade Vida e Arte do Povo Português
Av. Dr. Miguel Bombarda, 6
2710-590 Sintra – Portugal

One comment on “Amor à Profissão

  1. Pingback: Prendas da família « XuXudidi et plus encore

Deixar uma resposta