Trabalho de grupo

É o primeiro trabalho de grupo que nunca o foi, porque para o fazer, teriam que estar todos juntos. Alguns, sem tempo para se juntarem, outros por assumirem dificuldades na matéria escolar ausentando-se com os apoios… a M. acabou por fazer sozinha o trabalho de Ciências da Natureza sobre a dentição dos animais.
Quand se falou em juntar o grupo em casa, alegaram que viviam muito longe uns dos outros e que os pais seriam obrigados a fazer a viagem… haja vontade!
Enquanto não se organizam para encontrar uma melhor solução para futuros trabalhos, a M. acabou por fazer um trabalho individual, mas assinando por todos.
Quanto a mim, nunca achei tão divertido fotografar o Achado, um Lusitano muito, muito guloso, para ilustar o trabalho entre outros bichos.
E deixo aqui um enxerto do trabalho sobre a dentição do cavalo.

Achado

“… A dentição do cavalo vai sofrendo mudanças ao longo da sua vida. O cavalo têm a dentição completamente completa na fase adulta: tem os caninos, molares, barra e incisivos.
Sabe-se a idade do cavalo através da sua dentição.
Os dentes são elementos principais para conseguir determinar, com segurança, a idade aproximada dos cavalos.
A avaliação da idade é importante pois, muitos animais não tem registo oficial.
O cavalo adulto possui 40 dentes e a égua 36, normalmente, assim distribuidos: 12 incisivos, 6 superiores, 6 inferiores, 4 caninos, em geral ausentes na fêmea e 24 molares distribuidos igualmente nas duas arcadas.
O potro, macho ou fêmea, apresenta apenas 24 dentes caducos: 12 incisivos e 12 molares…”

Matilde, 5º ano.

Deixar uma resposta