Os ovos

São os ovos que anunciam a Páscoa.
Quando todos vierem tomar o pequeno almoço, a mesa estará montada e cada um de nós com o seu ovo.
É uma pequena tradição que mantemos porque o que vem a seguir faz as delícias de todas as crianças.
O avental posto, cestinho de baixo do braço, irão passar a manhã à procura de muitos outros ovos, muito coloridos, espalhados pelo jardim… assim reza a lenda da lebre da Páscoa!

Para fazer alguns ovos, é preciso dias antes, guardar a casca, com uma abertura de 1cm de diametro (têm de ser muito bem lavados no seu interior e deixar secar).
Colocar um bom chocolate preto num tachozinho e deixar aquecer até aos 40º, mexendo bem para de seguida, com temperatura rondando os 27, 28º, colocá-lo no ovo e despejar o mesmo segundos depois.

Deixar secar uma boa meia hora e com uma grande dose de paciência tirar a casca.

A experiência com o chocolate branco não resultou muito bem. A textura não sendo a mesma, é mais frágil.

Um conselho: convém tirar a casca do ovo aos poucos e voltar a colocá-lo no figorífico enquanto se descasca um outro, se não corremos o risco de derreter o chocoloate com a ponta dos dedos.
Para enfeitar os ovos de chocolate, deve utilizar-se chocolate morno que servirá como cola, para a aderência dos enfeites.

Deixar uma resposta