Meruge

No cimo do seu penedo, no Terreiro do Santo e da Lage Grande, fomos espreitar a feira dos enchidos disfarçada de feira medieval.
Uma vez por ano, esta pequena localidade torna-se paragem obligatória dos caminheiros, dos feirantes, dos artesãos e populações dos arredores.
Uma vez por ano, a gente de Meruge, à soleira da porta vê os forrasteiros a passar.
As pequenas feiras rurais estão a cair em desuso devido à concorrência dos supermercados mas, a Feira Medieval do Porco e dos Enchidos de Meruge, tem de ano para ano cada vez mais visitantes, “assumindo como maneira de manter viva uma tradição secular na area gastronómica, em que teve origem o ancestral epíteto de “Terra dos Porqueiros” à Freguesia de Meruge” (D.N.)

Deixar uma resposta