Amizades

São três irmãs muito próximas nas idades, muito diferentes nas suas atitudes, todas elas com forte personalidade.
Foram cescendo no mesmo quarto e aos poucos foram adquirindo o seu próprio espaço quando entraram na escola primária.
E foi mais ou menos a mesma coisa quando houve a transição do jardim de infância para o primeiro ciclo.

Amizades

No ano passado, cada uma delas tinha a sua professora, na pequena escola da aldeia, uma escola com pouco mais de 30 alunos.
Este ano a C. ficou sózinha. Porque a M., mais velha de um ano e meio entrou para o segundo ciclo e teve de deslocar-se para a sede do Agrupamento Escolar. Porque a J., a mais nova ...
E todos pensávamos que a C. ficaria feliz, numa escola só para ela!
Ela, que fora sempre tão esprimida entre duas irmãs!
Não é por acaso que se fala de crianças "sandwichs"?

De repente, sentiu-se desorientada, na hora do recreio, por não as ter por perto.
Na hora do almoço, já não tinha a J. para vigiar ou acarinhar.
Nas idas e voltas, casa - escola - casa, passaram a ser muito solitárias (reconheço que dantes foram sempre verdadeiras festas, cantávamos, contávamos histórias e era sempre uma grande alegria dizer Bom Dia à natureza, enquanto caminhávamos).

Houve um longo periodo de adaptação. Passou a ser mais agradável almoçar em casa. Fez novas amizades. Mas a amizade com as irmãs ficou reforçada.

O avental que acabei de fazer, foi para homenagear este sentimento.
E um Olá para todos os que se cruzarem com ele.



Time for Tea

As pegas

As pegas vestiram-se de tons quentes, para melhor acompanhar a hora do chá.
As têtes de nègre como as chamam no Magrebe, são ideias para segurar os bules escaldantes. As outras, para fazer um conjunto se assim o entender. E para quem aprecia o chá, pode ser um presente bem original.
Há muito mais aqui.

...

Partilhar a Casa de Chá.
Entre tantos chás, para dias quentes ou dias frios, para acalmar ou animar, descobri o Chá de Flores.
Além de delicado e perfumado, assiste-se ao processo de florescimento da flôr dentro dum bule transparente. É lindo!

É a hora do chá!

Fim-de-semana urbano







"Poderíamos viver em Lisboa, Maman?"
"Se vivessemos na cidade, não teríamos todos os nossos animais, nem esse grande jardim ao sair de casa..."
"Mas em casa não podemos andar de patins!"

À nossa volta, caminheiros do asfalto, jogadores de bola, ciclistas, patinadores e tantos outros desportistas batalham o espaço verde à beira do rio Tejo, mesmo por baixo da Ponte Vasco da Gama.


...



A partir do dia 27 de Novembro até 14 de Dezembro a Visual Street Performance ocupará um edifício antigo, em condições semi-devolutas e desocupado, na Rua do Norte no 103/105, no Bairro Alto, em Lisboa.
Uma oportunidade para ver um dos maiores eventos da Arte Urbana onde não vão faltar a música, sessões de pintura e graffiti, debates sobre a intervenção no espaço público, projecção de filmes ligados à temática do graffiti e arte urbana, workshops, orientação e interacção artística.

24

Jogo do 24

A propósito das XXVII Olimpíadas Portuguesas de Matemática, a M. trouxe da escola o jogo do 24.
Um jogo muito engraçado que acabou por pôr a família inteira a tentar resolver os diversos problemas.
Este jogo, aparentemente fácil tem três niveis (a bolinha no canto da carta indica o grau de dificuldade), o objectivo é, claro, chegar ao resultado: 24.

Por exemplo pegando na primeira carta, devemos proceder da seguinte forma:

Aquele que tiver o mais rapido raciocínio excalama "O último calculo é 6x4".
E passa a explicar "8-4 = 4 e 8-2 = 6, portanto 6x4 = 24.

E, apesar de não ter sido seleccionada na primeira eliminatória, a M. adoptou o jogo porque implica raciocínio lógico, uma capacidade de observação, uma ginástica mental e alguns conhecimentos!
Em casa, é um novo desafio e ninguém ficou para trás.

1+2

Os balões

Só estava tu e eu, no meio da tarde.
O sol já baixo, o vento a soprar forte e o desejo de fotografar os dois aventais acabados de fazer.

Os balões

Um avental para uma criança.
Um avental para um adulto, abotoado com um botão de madeira nas costas.
Os bolsos são simples balões bordados. E nós as duas com a grande vontade de os largar ao vento.
São feitos de linho e algodão.
...

Gosto muito dos aventais da Anthropologie. Para crianças, claro!

Partilhar

Diz-se que o blog é algo de tão solitário, para gente solitária...

Descobri algo único e poético.
The Small Snow Shop é a vontade de juntar, num só blog, criações sempre em torno do mundo da infância. Nada mais bonito do que partilhar o mesmo espaço para melhor divulgar.